06 março 2012

Luzes


É só a saudade que aperta meu peito.
Tudo vai ficar melhor, disso eu sei.
São só alguns dias, parecem eternos.
Mas por sorte , você nem se lembrará.

Mas o registro da falta desse sorriso, do carinho
Os barulhinhos querendo dizer algo, era inevitável.
Se a coragem para enfrentar esse mundo maluco vem do seu olhar
Buscando respostas, das quais nem sabe (ainda)...

...as perguntas, no céu rosado de um domingo gelado,
Não me custa declarar em poucas, mas sinceras palavras,
O meu amor incondicional.
E as luzes que venham me enfrentar.

Tenho na lembrança o combustível eterno dessa paixão paterna.



Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: