05 julho 2012

Simples assim...

...era como eu queria que fosse.
Mas só sentir, só querer...não é poder.
E talvez poder seja mais complicado do que desejar.
Um carinho, um beijo, um momento...
...a vida inteira?
Dúvidas, perguntas, questionamentos...vários sinônimos.

......algumas horas se passam.......

O som na jukebox parece que vai além de uma simples balada
Parece a constatação de que tudo mudou...
...não só o bar, não só o público...
...algo mudou e o medo do desconhecido permanece.

É...o medo permanece.
Mas mesmo que não seja tão simples como falar
O sentir, o querer, o poder
Talvez valha a pena se arriscar.


Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: