12 setembro 2012

Charlie Brown Jr. - Tudo Pro Alto

Alguns sons falam por si só...mas talvez falar em algumas palavras confusas seja a saída. Mas pra onde é a saída mesmo? Talvez a saída do mais do mesmo, do mesmo, lugar comum. E se de comum não temos nenhum o cheiro, espero que seja pela menos essa a verdadeira essência de ser de verdade.

E chega de palavras soltas, perdidas, sem destino. O tempo é curto e o processo não precisa ser assim tão lento. Ser feliz não é tão difícil quanto os seus lamentos diários. Fique ai postando frases de efeito enquanto a caravana passa lá fora...enquanto a vida te chama e você prefere falar mal através de indiretas sem alvo certo.

Só sei que cansei...cansei de perder tempo que futilidades das quais até pouco dava risada. Cansei de admitir que errar é algo fora do comum...porra, os melhores ensinamentos vieram deles. Não vou ignorar uma história só porque ela não me faz bem.

Sabe quando você cutuca a ferida, pra tirar a casquinha, achando que ela vai sarar logo? Prefiro fazer isso do que esperar sentado a "ação" da natureza. E por isso que cansei de esperar sentado a felicidade...se ela está logo ali.

Medo? Todos temos, todos teremos...mas sempre me orgulhei de dizer que só me arrependo daquilo que não fiz...e é assim que me manterei.


"Não me pergunte o que eu quero da vida
O que eu quero da vida, eu tenho sede demais
Mas deixe eu só te dizer o quanto eu quero bem você..."

Letra completa aqui: http://migre.me/aFiLs
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: