14 setembro 2012

O dia D...


Hoje foi um dia de zero a 100 em poucos segundos...poucos minutos.
Um dia de lembranças...de um tempo que não volta mais, mas que guardo boas lembranças.
Um dia onde o presente bateu forte e me restou enfrentar.
Um dia onde o futuro ficou cada vez mais forte e grande na vontade de manter esse caminho....se é o certo só chegando no fim do caminho pra dizer...só tenho a certeza de que é o que quero.

E tendo já enfrentado o passado, lembrado do presente e viver o futuro, ver que o tempo passa sem dó, sem misericórdia, me deu mais vontade de aproveitar....e continuar a caminhar.

Já venho falado tanto em mudar que mudei e nem percebi. Mais uma vez e de novo. Pra pior, pra melhor, a visão externa só me afeta quando permito...e quando preciso. Precisei, alinhei e ainda não sou perfeito. Nem  quero ser.

Só sei que essa viagem ao passado foi muito gostosa. E que aquelas certezas, aqueles sonhos de outrora, estão aqui de alguma forma. Alguns quebrados, outros renovados...alguns concretizados (de certa forma) e outros poucos prováveis.

Mas quem diria que naquele tempo hoje eu estaria aqui, meio completo, meio cheio e vendo com o mesmo otimismo de 13 anos atrás a vida como ela eu quero que ela seja. Ouço a criança que ainda vive aqui dentro gritar e pular de alegria por ainda ser vista...ainda mais viva na memória tão fresca ao relembrar alguns episódios bacanas.

Só me dá mais vontade de seguir em frente no caminho que estou hoje...pode não ser como imaginei lá no passado, mas quem disse que a vida tem graça se tudo vier fácil...certo?
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: