08 outubro 2012

Um Novo Começo?


Repasso o filme que mostro pra mim mesmo
Volto e retorno ao mesmo ponto
O meu presente, meu passado, meu futuro
E o momento é eterno, foge da linha do tempo

E me preparo pro que tá vindo
O desconhecido nunca me foi tão bem-vindo
E me esqueço do que não quero
Do que não preciso, do que não me será útil

Porque por mais inútil que pareça
Tenho a certeza de que dessa vez minha vida muda, com certeza
E a mostrarei a você que dúvida, meu valor, minha luta
E que a minha crença é maior do que essa sua doença

Que não me contamina, estou vacinado contra a sua mesquinharia
E vou em frente com quem me conhece e que me quer bem
Já faz um tempo que não levo em conta a opnião de quem
Não corre do meu lado, e que não é meu aliado.

Mais um ano...vamos em frente.

* escrito em 08/10/2010
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: