02 dezembro 2013

E Enquanto Renascemos...


Não guardarei magoas nem rancores.
Ficará guardado somente o que foi bom.
Uma prece, um pedido...do coração.
Pois amor verdadeiro não destrói, só constrói.

E enquanto você descobre o mundo, redescobrirei o meu.
E quem sabe um dias nossas estradas se cruzem de novo.

Não sei dizer adeus, um até logo talvez.
Ficará guardado somente o que foi bom.
Uma lágrima, um sorriso...me fazendo ver que nada é em vão.
Pois amor verdadeiro não machuca, apenas edifica.

E enquanto você descobre o mundo, cicatrizarei a ferida.
E quem sabe um dia, olhares façam renascer a esperança.

Apaixonados...
Não um pelo outro, mas por nós mesmos, pelo mundo.
E quem sabe, conquistaremos sonhos, velhos e novos.

E enquanto redescobrimos...
E enquanto renascemos...
Adormeço esse sentimento...
...pra quem sabe esperar o destino seja generoso com ele.

Volto a percorrer a minha estrada...sozinho.
Deus nos guie e nos guarde, é o que vou desejar a cada manhã...sempre.
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: