16 dezembro 2013

Entre Poderes e Fraquezas

Poderia escolher a dor, escolhi o amor.
Poderia escolher a sombra, escolhi o sol.
Poderia escolher o dia, escolhi a noite.

Poderia escolher o caos, escolhi a paz.
Poderia escolher a tristeza, escolhi a alegria.
Poderia escolher a água, escolhi a com cevada.

Poderia escolher a raiva, escolhi o perdão.
Poderia escolher o orgulho, escolhi o ingênuo.
Poderia escolher o choro, escolhi o sorriso.

Poderia escolher a solidão, escolhi a amizade.
Poderia escolher o desânimo, escolhi a vontade.
Poderia escolher o silêncio, escolhi a música.

E entre poderes e fraquezas,
aprendo mais uma vez a me levantar.
A olhar pro céu
e ver entre as nuvens negras o sol brilhar.

Poderia me calar, resolvi falar sobre amar de verdade.
Poderia me matar, resolvi acordar e viver a vida.
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: