02 outubro 2014

E o mês começa...

...e foi ontem, há 28 minutos atrás, começou tudo de novo.
E o novo, velha mania de esperar sempre algo de novo.
E ai aprendo que em 27 anos, 11 meses e 26 dias tudo o que sempre aprendi foi que nada é novo.
Recriamos a nós mesmos, recriamos falas, recriamos olhares, recriamos sentimentos.

E a cada dia recriando, viramos artistas do ctrl+C, ctrl+V.
Século XXI, tudo moderno. Modernidade velha e após um dia de cão, o latido não tem mais efeito.

E o mês começa, mês de recomeçar de novo a história.
Mês de começa a reciclar velhas manias.

Velhos sonhos, velha esperança, novas atitudes, novas ansiedades.
E seguindo aquele velho lema tão moderno de Gabriel:
"Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo"

O velho, o novo, o passado, o futuro. Obrigado pelo presente...vida, Deus...universo!
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: