04 julho 2015

Quem Bate a Sua Porta?

Um copo de café com leite...manhã nublado.
Soneca no sofá...aquela série preferida no ar.
Pensamentos a mil, acho que preciso de uns minutos extras
E mostrar aquela pessoa que duvida de si mesma
Que é possível agradar a gregos e troianos.
Desde que agradece a si mesmo, a si mesma.
Salve seus sorrisos, eles valem mais do que o lamento eterno por algo
Que não você não quer que volte.
Tudo acontece por um motivo, não ligue para os sorrisos forçados
Já não é mais seu mundo, não é seu momento, nem o mesmo sentimento.
Salve seus lamentos, eles vale mais do que o falso sorriso por algo
Que é efêmero e passageiro.
Tudo acontece sem um motivo, não ligue para aquele contato escondido no Whatsapp.
Você merece a paz e a tranquilidade.
Você merece a serenidade e as risadas sinceras.
Um copo de chá...a tarde continua nublada.
Senta-se na cadeira mais confortável...aquela banda preferida toca agora.
Pensamentos continuam a mil, acho que não é preciso mais nada no momento.
Já que mostrou pra si mesmo que duvidar de si mesmo é um erro.
Que é possível agradar ao seu ego...alter ego...super ego.
Fodam-se os gregos e troianos.
Agrade amigos, amores e seu sangue.
E lamente por aquilo que perderam de você.
Parabéns por ter acordado da soneca...adivinha quem chama lá fora?
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: