08 julho 2015

Sobre Sonhar e Acreditar

Talvez seja apenas o silêncio ecoando aqui dentro.
Talvez seja apenas o tempo dizendo que tudo está se encaixando.
A dor que espera o tempo como um sedativo para tudo aqui que não é mais conforto.

Talvez seja o leite quente que amansa o corpo.
Talvez seja a cerveja gelada que amansa a alma.
A espera que engana a dor como um ladrão esquivando da luz.

Talvez seja o futuro que abrace os braços e chama.
Talvez seja o passado que ainda segura a ponta da corda que ainda prende.
O presente sendo apresentado ao medo, que abre os olhos, cria coragem, desperta.

Talvez seja o medo virando conforto.
Talvez seja o conforto virando vontade.
A vontade de ainda sonhar e acreditar que todo pesadelo acaba e no final, um beijo acorda.




Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: