11 outubro 2013

A Melhor Entrevista do Jô Soares

E eis que me recordo...
...dos tempos de faculdade que umas minhas aulas favoritas era a de Filosofia. Meu prof.º, o Louis, era o tipo de professor, uma daquelas pessoas que você poderia ficar horas e horas ouvindo as histórias, que sempre tinha algo da matéria inserida nelas, de como a vida pode ser vista além do lugar comum ao qual todos estamos acostumados.

Sempre na época em que fico mais velho, fico mais reflexivo e parece que tudo se encaixa de uma forma meio louca e eis que me deparo no Treta com, sem sombra de dúvidas, umas das melhores (senão a melhor) entrevistas que o Jô Soares já fez em seu programa.

Na verdade, uma entrevista não, uma verdadeira aula desse professor da USP que tem um currículo que faria qualquer um ser um esnobe sem igual. Mas ao contrário, o professor Clóvis de Barros Filho é generoso. E essa generosidade é transparecida em um professor que ama o que faz.

"Famoso" por "ser fiel as inclinações naturais de apalpar glúteos de suas alunas apetitosas", começa de uma forma única uma das melhores entrevista que já vi. 
Lançando seu livro "A Filosofia explica as grandes questões da humanidade" a discussão sobre moral, ética e filosofia tem uma linguagem tão única, que o prof.º deixa questão complexas compreensíveis com uma facilidade única.

Como postei no Facebook, fico triste pois não são todos que terão o privilégio de ter uma aula dessas. Uma aula de vida pra uma vida melhor:

Algumas anotações do Leitão sobre essa grande aula:
  • "Eros é a busca do que faz falta."
  • "Moral é o que você vai fazer com seus desejos."
  • E ai nos pegamos refletindo sobre a vida, questionando qual o sentido da vida. Porque existe algo no lugar do nada?
  • As escolhas não são fáceis, pois há a necessidade de se atribuir valor, contudo, o ser humano é ser único na natureza já que pode sair da sua condição natural
  • O ser humano não é escravo da sua natureza e a liberdade nos coloca em uma situação que nos causa uma angústia natural, já que sempre haverá uma escolha.
  • Se estamos onde estamos é por conta das nossas escolhas
  • A filosofia dos nosso pais...devemos SEMPRE valorizar isso.
  • A escola sempre nos dá uma chance de descobrir o que queremos, mesmo que não percebamos isso.
  • O momento feliz é um instante de vidas que não queremos que tenha fim.
  • É normal na vida que tenhamos momentos de alto e baixo, momentos em que estamos bem e estamos mal e é preciso aceitar isso.
  • Acordar cantando é coisa do mal.
  • É necessário encantar-se consigo mesmo e foda-se se os outros acham. Já que teremos que nos aguentar durante a vida inteira, é melhor que nos encantemos com o que fazemos. Deixem que achem que é arrogância.
  • "Não há fórmulas, nem pra tudo e nem pra você."
  • Não existe regras para a felicidade, não há medida certa.
  • Geralmente nem sempre o que vai pro saco é uma coisa ruim.
  • O encontro com o novo é sempre algo mágico, contudo, precisamos encontrar o equilibrio entre nossas expectativas e encarmos o mundo de forma aberta.
E para finalizar, a frase da entrevista:
"A vida é uma sequência de encontros inéditos com o mundo e portanto ela não se deixa traduzir em fórmula de nenhuma espécie."

Para mais do professor Clóvis: http://www.espacoetica.com.br/
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: