05 março 2015

Curta-Metragem | Power/Rangers

As últimas semanas de Fevereiro, tiveram como principal tema...
...em todas as rodas de discussão nerd o curta-metragem Power/Rangers, dirigido pelo diretor/cineasta/e quem eu achava ser o DJ do Linkin Park (but don't), Joseph Kahn e produzido por Adi Shankar, que produziu o último lançamento do Juiz Dreed (não vi ainda, mas falaram ser bom) e um curta-metragem do Justiceiro, com o ator Thomas Jane (que vi e é DO CARALHO, posto aqui em breve!), que foi a primeira encarnação do personagem em um longa metragem (que achei, ok).

E as discussões são, em sua maioria, o fato de talvez a distorção de um produto para crianças, não pode ter uma versão adulta (vide o Ranger Verde falando aqui) é algo que foge um pouco dos conceitos de evolução que a própria mídia prega. Vide os canais segmentados...mas mais é muito mais do que isso.

Todos da minha geração, tem um carinho especial pelos Power Rangers. Mais do que isso, foi um marco nas produções da TV americana, pela integração entre os grupos Super Sentai japoneses e a cultura americana, sempre engessada nas suas razões e emoções.

Claro que boa parte da graça era ver os monstros toscos, os dialógos robotizados e as frases de efeito sempre seguidas de lutas bem coreografadas que divertiam por sua aurea juvenil e pitoresca.

Só que todos da minha geração estão crescidos e não conseguem mais ver Powers Rangers com os mesmos olhos. E um update, com uma linguagem mais "realista" (Nolan, é você meu filho?) é com certeza muito bem-vinda!

Na minha modesta opinião, a recriação do universo foi uma das sacanas mais sensacionais que a internet poderia nos trazer nesse ano de 2015. E olha que estamos só no começo do ano.

O curta, acompanha a realidade dos Power Rangers em um realidade futurista e com tecnologia avançada, onde a guerra entre  Império da Máquinas e os Resistentes tem Rocky (James Van Der Beek, o Dawson da série Dawson’s Creek), ex-Ranger Vermelho que virou a casaca e está atrás de Tommy (Russ Bain), o Ranger Verde da primeira geração (Mighty Morphin).

Para conseguir informações, faz com Kimberly, a Ranger Rosa da primeira geração (Mighty Morphin) (interpretada por Katee Sackhoff, de Battlestar Galactica) de refém e durante o interrogatório, descobrimos qual o destino dos outros Rangers da formação clássica (Jason, Zack, Billy e Trini) nesse futuro alternativo.

Curtam ai e tirem suas próprias conclusões:

Avaliação do Alter Ego:


Ficha Técnica:
Power/Rangers - 2015 - 14 min. - EUA - Ação/Aventura/Sci-Fi
Direção: Joseph Kahn
Roteiro: Joseph Kahn, James Van Der Beek, Dutch Southern, Shuki Levy (descreditado), Haim Saban (descreditado)
Elenco: Katee Sackhoff, James Van Der Beek, Russ Bain, Will Yun Lee, Gichi Gamba, Carla Pérez
Site Oficial: https://www.facebook.com/PowerRangersBootleg

Pow, ai nas minhas pesquisas, ainda achei um making of, super bacana do curta, confere ai:



Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: