19 junho 2015

Lembranças, Esperança e Agora?

Porque você perdeu o fôlego ?
Porque você sonho de novo ?
E esse sorriso escapando ?

E a memória guarda pra sempre...
A face enraiada de alegria,
O grito entalado na garganta, liberta.

O beijo doce da menina.
A lágrima sincera e amarga.
A saudade que bate e nunca parte.
Lembranças, esperança e agora?

Gruda que nem chiclete na sola do sapato.
É um movimento, um segundo, um momento.
E você ainda guarda naquela estante empoeirada
Mais uma conquista, outra sobrevida.

O que te faz pensar que vale a pena ?
Vale a pena as pancadas, vale a pena as brigas ?
Vale a pena as lágrimas, vale a pena as despedidas ?
Tudo o que te fez chegar até aqui e não tem mais volta ?

Inesquecível...
É a música na hora certa, e na errada.
É o adeus à alguém que você ama.
É a festa, a bebedeira, a brincadeira...

O chopp gelado numa sexta-feira.
A tarde ensolarada na Paulista.
A chuva fina na areia da praia.
Duas horas no trânsito a caminho de casa...

Momentos, lamentos, sentimentos,
Estou vivo...por isso é inesquecível.

escrito em 18-02-2009
Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: