27 fevereiro 2016

Estrofes e Refrão

E em meio a todas essas minhas estrofes...falta talvez um refrão?
Talvez falte afinar o violão, talvez falte um sustenido...bemol então?
E ai a ponte estará completa, esperando a sua oitava, que chega suave...

...e ai lentamente, temos uma balada.
Pop rock talvez. Grite e talvez teremos um metal.
Eu acelero os BPM's e talvez teremos um hardcore...emocore...metalcore...hard rock.

Fodam-se os rótulos e os conceitos.
Versos e prosa se misturam em meio a devaneios
Desse meu coração musicalizado pelo mel que abelhas trouxeram.

E picaram o meu intelecto, que de tão avançado, não rotula sentimentos.
Rotula bebidas, comidas, animais e até vizinhas fofoqueiras.

Mas não essa melodia bela que soa como moda de viola...
...acompanhada de cordas, metais e um coral de 10 vozes.

Em meio aos caos de pensamentos, coloco meus fones, aperto o play...
...e que o coração seja o regente dessa vida ordinária que em muito ainda me agrada.

Pois é...coloco os fones...aumento o som...
...acho que você entoa agora o refrão né?



Feed
Assine o Feed do Desventuras para acompanhar o blog no seu agregador favorito, ou receba gratuitamente todos os posts por e-mail

Deixe o seu comentário: